Escolha um assento e aproveite a viagem

31.05.2017

Em algum momento você já parou para pensar onde está?

Não só fisicamente, mas… qual é o caminho que sua vida está lhe fazendo caminhar? Você gosta de onde está? Sente-se realizada ou falta alguma coisa?

Olhe para trás para aprender com seus erros e crescer, porém não se prenda ao passado. Veja bem de onde você partiu e onde está agora. Pense em sua vida como um longo voo.

Às vezes você sente um frio sem igual no estômago. Às vezes você pode demorar a chegar ao seu destino porque o caminho é cheio de escalas. Às vezes você tem que trocar de aeronave às pressas. Às vezes seu bilhete pode dar algum problema e você vai precisar voltar. Às vezes as turbulências são tão fortes que você precisa se recompor e tomar um remédio para a enxaqueca que acabou de ganhar. Mas outras vezes nem parece que você está a zilhões de metros da terra firme, de tão tranquila que você se sente. O jantar está bom. Você consegue inclinar o assento o suficiente para que fique confortável. A luz de leitura está perfeita para recostar o corpo e simplesmente ler. E você finalmente consegue acalmar seu coração e descansar.

Você já está há 10, 15, 20 anos voando por aí, mudando e mudando e mudando seu trajeto a todo momento, porque a vida é assim! Nada acontece por acaso, é claro, porém nós não sabemos o que ela tem nos reservado. Não temos como adivinhar como será o próximo pouso ou a próxima turbulência. Mas veja só onde você está hoje. Analise tudo o que você já teve de passar e, ainda assim, está aí, forte o suficiente para aguentar tudo da melhor forma e chegar aqui.

Que a vida é uma caixinha de surpresas você já está cansada de saber, mas que ela poderia lhe render tantas histórias boas… ahhh, isso eu tenho certeza de que você duvidava. Ou pelo menos chegou a duvidar um dia. Hoje você está aí lendo este texto. Amanhã você pode (e deve!) estar em outro lugar nesse nosso grande mundo.

Respira. Conta até 10. A viagem ainda está longe de terminar. Mas, ei! Não é para ficar ansiosa para o fim. Lembre-se sempre de que o mais importante não é o destino, e sim a jornada. Então escolha um assento e aproveite a viagem. Aproveite a vida!

* Fotos da minha primeira viagem internacional. Argentina, 2014.


Siga nas redes sociais:



Deixe o seu comentário

Uma resposta para "Escolha um assento e aproveite a viagem"

Letícia Proença - 01, junho 2017 às (18:12)

Que tiro, mulher! Que texto!

Realmente, eu gosto muito de parar, olhar na minha janelinha da vida e ver tudo que passou, como tudo me trouxe até aqui. It’s not always easy… Mas vale a pena, né. Firmes e fortes, continuamos.

Amo você!

Responder