Tercinha da resenha: “Vingança”, de Catherine Doyle

05.04.2016

Mais uma terça-feira de resenha. Hoje eu trago o livro da Catherine Doyle, Vingança (Vendetta). Essa jovem escritora irlandesa conseguiu surpreender e muito com sua escrita detalhada e bem desenvolvida. Além de construir um legado de fãs que só aumentam no seguimento da trilogia.

Título: Vingança
Série: Blood for Blood, vol. 1
Autor: Catherine Doyle
Editora: Agir Now
Páginas: 288
Compre: Fìsico: Amazon, Cultura, Saraiva | Digital: Kindle, Kobo, Lev
Adicione à sua estante: Skoob | Goodreads

Sinopse: Para Sophie, aquele seria só mais um verão lento e abafado em Cedar Hill, fazendo um bico como garçonete no restaurante da família e passando o tempo com sua melhor amiga, Millie. Mas isso foi só até uma família se mudar para o casarão abandonado no fim da rua — cinco irmãos italianos, um mais gato que o anterior. Sem conseguir resistir aos olhos cor de caramelo de Nicoli, Sophie acaba se apaixonando — e propositalmente ignorando os sinais de perigo que envolvem os misteriosos irmãos. Por que as mãos de Nic estão sempre tão machucadas? Por que ele sempre carrega consigo um canivete monogramado? E por que seu irmão mais velho, o arrogante e irritante Luca, quer proibir os dois de ficarem juntos? Quando os segredos sombrios dos rapazes começam a vir à tona, Sophie precisa enfrentar dolorosas verdades em relação à própria família. De repente, ela se vê no meio de uma vendeta entre duas dinastias rivais: a família em que nasceu e a pela qual se apaixonou. Sophie vai precisar escolher entre lealdade e paixão, e, quando o fizer, sangue vai rolar e corações serão partidos, porque, quando se trata de amor, a desonra pode ser uma questão de vida ou morte. Uma mistura ideal de ação, reviravoltas e romance, Vendeta é uma estreia épica que mistura Romeu e Julieta e O poderoso chefão na Chicago dos dias atuais.

O livro que é narrado em primeira pessoa, conta a história de Sophie ou Persephone, que tem 16 anos e vive em Cedar Hill. Seu passado não é um dos melhores, cheio de drama e bastante conturbado. Mais isso não impede a garota de ter seus próprios desejos, e acreditar em seus sonhos. Sophie possui poucos amigos, sua vida de forma pacata é dividida entre ajudar no restaurante de sua família e ficar na companhia de Millie, sua única e melhor amiga.

vinganca_catherine-doyle

Por onde passar, Sophie é alvo de fofocas e caras viradas, devido ao acontecido com seu pai. Ele fora preso, e desde então, todos ao seu redor acabaram pagando por isso, principalmente Sophie. Mas em um dia, chegam à cidade cinco misteriosos garotos de origem italiana, da mesma família, que acabaram se mudando para uma mansão no fim da rua da garota. Sophie se envolve com Nicoli ou Nic, mesmo sua cabeça a alertando de que havia algo errado e perigoso, mas ela não consegue se afastar de Nic. Todos os irmãos guardam segredos. Luca, que é um dos irmãos de Nic, arrogante como ele só, tenta impedir o envolvimento de Nic e Sophie de todos os modos possíveis.

O livro é cheio de mistérios, assim como seus personagens, e o mais incrível é que o livro não cai na monotonia, muito pelo contrário, a trama é envolvente do início ao fim, e o final então nem se fala, é emocionante. O suspense crescente, acontecimentos bombásticos, e a entrada de novos personagens só deixa o livro mais eletrizante ainda.

A autora trabalhou muito bem o destino de cada personagem e o desenrolar da trama. Ela deixa o fio da meada para o próximo livro. Sophie pouco a pouco vai descobrindo os mistérios que os envolvem, e em certos momentos o romance dos dois acaba virando um Romeu e Julieta do século XXI.

Eu como qualquer leitor de Vingança, estamos curiosos pra saber como será o próximo livro, e o que esperar de Catherine Doyle. Sem contar que o gancho deixado por ela para o próximo livro, só aumentou a ansiedade pelo novo. Recomendo e muito lerem esse livro. Vocês irão adorar!

Até a próxima!


Siga nas redes sociais:



Deixe o seu comentário