Planejamento financeiro para Londres

25.01.2016

Olá, meus lindos e minhas lindas!

Eu sei, eu sei. Vocês devem estar pensando “Essa mina é louca! Faz quase um ano que voltou de viagem e acha que ainda pode postar sobre ela?”, mas calmem, relaxem, pois prometo que será lindo.

Big Ben

Como todos devem saber à essa altura, visitar Londres sempre foi meu maior sonho – dos que dependem só de mim. Pois bem, fiquei dez anos planejando tudo – decorando mapa de metrô, procurando atrações, sonhando alto, comprando roupas quentes –, cinco desses juntando dinheiro e, finalmente, graças a Deus, consegui ir, em agosto/setembro de 2015. Inclusive, passei meu aniversário por lá.

Resolvi fazer essa série de posts e vídeos primeiro porque tenho vídeo pra caramba com a Roberta em Londres. Parecia diário de bordo mesmo, com todo mundo olhando para nós duas e tudo mais. Segundo porque várias pessoas vieram me perguntar sobre as finanças, como eu comprei passagem, hospedagem, atrações etc.

Se você quer viajar, principalmente para fora (por causa do dólar) tem que ter em mente que vai gastar. Dependendo do destino, você vai gastar bastante. Em novembro de 2014, fomos à Buenos Aires e posso dizer que gastamos por volta de R$ 10k, em passagem, hospedagem, traslado, city tour, tour de compras, espetáculo de tango, comidas e comprinhas lá, em três pessoas.

Levamos cerca de ARG$ 3k e os dólares não lembro. Sei que comprávamos bens duráveis em dólar e comíamos e pagávamos táxi, subte e souvenires, em pesos argentinos.

Já Londres, como há tempos eu queria, quando fui tirar o passaporte, há dois anos, aproveitei e fiz meu cartão pré-pago de libras esterlinas, ou travel money card, como é chamado. Pensei comigo mesma que valeria a pena comprar libras quando o valor estivesse mais baixo, massssss em 2014 não baixou muito. A maior baixa foi em setembro e eu não prestei atenção…

Era ano de eleições para presidente, então minha mãe, no dia do segundo turno, me disse para comprar o quanto eu pudesse no cartão (é possível sincronizar com sua conta corrente, se fizer no próprio banco). Já que minha conta é Itaú e meu cartão também, comprei £200 – deu por volta de R$ 850, com taxas e IOF de 6,38% no cartão, na época. No dia seguinte, surpresa! A libra estava R$ 4,06, sendo que no dia anterior estava uns R$ 3,96.

Entrei em desespero, pois a ideia era ir para Londres dali um mês. Ha! Tanta coisa ia acontecer que eu não estava nem vendo. Acabou que não fui e fui para Buenos Aires para ficar cinco dias. Foi uma ótima viagem, por fim, meu primeiro carimbo no passaporte.

Comprando na CVC

Assim que o ano virou, consegui me recuperar financeiramente com alguns trampos extras, os tais freelas, e resolvi ir a Londres no fim do ano. A ideia inicial era passar de catorze a vinte dias na terra da rainha em novembro, ou uns dez em dezembro/janeiro. Minha eterna roommate, Roberta, topou ir, porém suas férias da faculdade eram só de agosto para setembro (não me pergunte, estudei em facul particular, não manjo). Fomos atrás e tudo mais, eu queria uns dias para ficar em casa além da viagem, fora que queria passar meu aniversário em casa e o feriadinho com a família e os amigos.

Nada feito. Conseguimos um ótimo orçamento na CVC do Atrium Shopping, aqui em Santo André – com a nossa queridíssima agente de viagens, Jaqueline –, que sugeriu que eu passasse tanto o feriado de 7 de setembro em Londres, quanto meu aniversário (06). Dei uma chorada, mas o melhor período era de 27/08 à semana do dia 11/09.

Por fim, fechamos partindo de São Paulo às 23h45, do dia 28/08/2015 e retornando de Londres às 22h10, do dia 11/09.

Seguro-viagem:  – R$ 195,84
Passagens: Ida e volta, voando TAM no Boeing 777
GRU > LHR
LHR > GRU
R$ 3.876,04
Hospedagem: R$ 346/dia R$ 4.496,11
Traslado: Aeroporto > Hotel
Hotel > Aeroporto, pela Interopa.
Incluso no valor da hospedagem.
Valor total: R$ 8.568

Também compramos algumas atrações na CVC. Erramos muito em ficarmos esperando, pois o dólar e a libra só aumentaram enquanto isso. Atrações que pagaríamos por volta de 200, acabamos pagando quase 400 reais, por exemplo. O bom foi pagar tudo no boleto, poupando nossos cartões para emergências na viagem.

WB Studios Harry Potter R$ 392,21
Windsor, Stonehenge e Oxford: R$ 461,80
Les Misérables: R$ 485,20
Valor total: R$ 1.339,21

Esses valores são os que eu paguei só na CVC, em R$, sendo que as compras todas foram feitas em US$ e convertidas para que pudéssemos pagar no boleto.

Comprando pela internet

Não vou lembrar exatamente o que paguei em reais, mas, antes de ir, também comprei:

Wicked Jantar incluso num restaurante próximo
ao teatro (Prezzo Victoria Place)
£35
Futebol Inglaterra X Suíça, com seguro de cancelamento incluso, em Wembley £36.25
Valor total: £71.25

Ao todo, foi maaais ou menos, R$ 300, no cartão de crédito.

Comprando acessórios e roupas

Além dos passeios e tudo mais, foi preciso comprar algumas coisas para levar. Quando fui para Buenos Aires, aproveitei e comprei dois casacos de lã (um curto, de capuz e preto e um vermelho, sobretudo) da Patagônia. Eles são super aquecíveis e prontos para invernos congelantes. Também comprei um adaptador de tomada universal, no Duty Free de Guarulhos. Por ter ido à Argentina, comprei acessórios em 2014, mas também comprei antes de ir para o Reino Unido. Abaixo os que eu lembrei:

Mala G Coleção da Shakira, Benetton
Lepostiche
R$ 560
Almofada de pescoço Massageadora, Uatt R$ 160
Manta para viagem Pernambucanas R$ 40
Carregador portátil Sam’s Club R$ 240
Adaptador universal 2 USB’s – Duty Free em GRU US$ 60 ou R$ 130 (na época)
Passaporte Polícia Federal R$ 257,25
Casaco sobretudo vermelho Da Patagônia, em Buenos Aires R$ 300
Casaco com capuz preto Da Patagônia, em Buenos Aires R$ 240
Valor total: R$ 1.927,25

Ah! Também coloquei o passaporte na lista, pois é muito importante. Coloquei o valor atualizado, apesar de ter tirado em 2014 – e o novo ainda dura 10 anos e o meu só 5. Mimimimimimi.

Fazendo câmbio de real para libras

E… Também precisei comprar libras para levar, né? Ia usar o valor de todas as vezes que comprei (por 3, 4, 5 reais e pouco), masssssssssss vou só colocar quanto custa hoje para comprar, que foi o que paguei da última vez que comprei. Porém, vou somar o que comprei em 2014 também. Aliás, cliente CVC tem desconto na loja Cotação.

£ 200 R$ 850
£ 800 R$ 4.920
Valor total: R$ 5.770
Totalizando…

Somando tudo (em longas e suaves parcelas e comprados aos poucos), deu:

Passagens, hospedagem, traslado e seguro-viagem R$ 8.568
WB Studios, Windsor, Stonehenge, Oxford e Les Misérables R$ 1.339,21
Wicked e futebol R$ 300
Roupas e acessórios R$ 1.927,25
Câmbio R$ 5.770
Valor total: R$ 17.904,46

Todos os valores aqui são por pessoa. Quaisquer informações extras, estão citadas nas tabelas.


Espero que gostem! Se precisarem de outras informações, é só pedir. A ideia é continuar a série de posts, indicando o que gastei a cada dia que fiquei em Londres.

Digam aqui nos comentários o que acharam ou lá na página do Outtamind. ♥~

NÃO É PUBLIPOST.


Siga nas redes sociais:


Francine C. Silva

gosta de compartilhar amor, de trazer alegria e de dar abraços, se você precisar de um. É uma publicitária sonhadora, que transformou seu hobbie em profissão e hoje trabalha com o que mais gosta: escrever. Sempre carrega um bloco de notas e uma caneta na bolsa, vive organizando suas estantes de livros, tem um cachorro chamado Chuck Berry e é fã de musicais.



Deixe o seu comentário

3 Respostas para "Planejamento financeiro para Londres"

Karina - 25, janeiro 2016 às (13:06)

Fran, você é muito organizada!!! Não sou capaz de colocar as coisas no papel nem nas minhas viagens de poucos dias para destinos nacionais! Estou com uma marcada para março e vou tentar adotar o Padrão Francine de Organização e Planejamento pra não ter surpresinhas quando voltar para casa e verificar minha conta. Sério.

Em outros comentários, acho que viagens sempre rendem muito (ainda mais uma assim!) em assuntos e coisas para contar. Parece que os dias rendem tanto, né? E a gente sempre vai lembrando de uma coisinha aqui e ali. Então, sim, claro que você ainda pode postar sobre a viagem! haha

Beijo! <3

Responder

Aline Barreto - 26, janeiro 2016 às (10:01)

Que orgulho dessa menina tão organizada! Arrasou.

Responder

Thais Souza - 28, janeiro 2016 às (00:04)

Fran, show de bola – super organizado seu orçamento. Realmente foi um sonho realizado, merecedor dos Parabéns!

Responder