Tea Connection: chá e muito amor

07.10.2016

Por esses dias, tive a brilhante ideia de visitar uma das casas de chá mais fofas que sigo pelas redes sociais: A Tea Connection. Confesso que sempre fui uma grande admiradora pela interatividade com os frequentadores nas redes sociais (que eles chamam de amigos) e pelas fotos maravilhosas que sempre me deixam com água na boca. Por fim, decidi ir e experimentar!

tea-connection-1

Chá gelado

Para começar o dia na Tea Connection, pedi um chá gelado, da chamada iced tea collection. Desculpe por não lembrar o nome! Fucei nas redes sociais e nos sites da casa, mas também não encontrei :( É esse aí da foto do mason jar, composto de chá de frutas vermelhas, abacaxi, um cyrup secreto e não precisa de açúcar (pelo menos eu não achei azedo ou amargo).

Almoço

No dia que fui, o brunch era servido até as 14h, e eu só percebi quando alguém passou recolhendo os cards de aviso. Porém, já tinha pedido um prato chamado salmão da casa com risoto de arroz preto, gorgonzola e parmesão, acompanhados por salada de rúcula, cogumelos, tomates-cereja e nozes. Achei que o salmão poderia ter sido um pouco mais bem passado – mas não tira os méritos do prato: estava muito saboroso.

Sobremesa

Fiquei morrendo de vontade de comer uma tal sobremesa chamada vulcão de chocolate, porém estava esgotada no dia :( Por fim, comi um “bolinho” de maçã (digo “bolinho” porque não tinha farinha nem massa) com algumas nozes, castanhas e amendoim, e sorvete de creme. Tipo um petit gâteau, mas sem o recheio. Admito que não fui fã porque achei muito doce e também por não gostar tanto assim de doces de maçã, mas para quem gosta é maravilhoso (me disseram).

tea-connection-2

Chá gelado

tea-connection-3

Salmão da casa

tea-connection-4

Sobremesa

Chá quente

Você sabe, sou viciada em chá, porém sou cautelosa quanto aos sabores que existem por aí, e, já que nunca largarei meu bom e velho chá preto – principalmente em dias frios e quando estou com dificuldades para manter os olhos abertos –, pedi o tradicional Earl Grey, famoso pela marca Twinings (chá preto com óleo de bergamota, que suaviza o gosto forte com o sabor cítrico).

O chá veio na cestinha de infusão dentro de uma chaleira de porcelana, acompanhada por uma xícara e uma ampulheta que marcava dois minutos – me ensinaram que deveria ficar em infusão por quatro minutos antes de beber. Acho que foi o Earl Grey mais saboroso que já tomei e ainda me serviu três xícaras.

tea-connection-5

Como veio o chá – e a ampulheta

Sobre a Tea Connection

Queridinha dos famosos 2.0, a Tea Connection traz tudo de mais delicioso para suas mesas, seus chás e pratos, e de sustentável para seu restaurante e loja. Estão preocupados em servir bem, mas também em cuidar do meio ambiente. Segundo o site, várias atitudes vêm sendo tomadas para: diminuir o consumo de água e de energia elétrica, melhorar a oxigenação do ambiente, e separar e reciclar materiais.

Além de chás, tea lattes, águas de fruta, refeições (brunch ), sobremesas e cafezinhos, a Tea Connection conta com uma seleção de chás, infusões e kits a venda, para presentear alguém ou a você mesmo.

Não, as fotos das redes sociais não são meras fotos publicitárias. Tudo o que pedi veio exatamente como apresentado no cardápio. Dá para sentir no paladar como é feito com muita dedicação e amor.

Preço: $$$$$ – Custa um pouco mais que os restaurantes de fast-food e exatamente como outros cafés. É um ótimo exemplo de custo x benefício.

Nota: 5/5 – Recomendo? Sim! E muito! Se pudesse, almoçaria, jantaria ou tomaria um chá das cinco lá todos os dias.

Onde fica?

Alameda Lorena, 1271, Jardim Paulista, São Paulo. É possível ir de metrô, pegando a linha 2-verde e descendo na estação Consolação ou Trianon – Masp. Além do Brasil, também há filiais da Tea Connection na Argentina, no México e no Chile.

Siga a Tea Connection nas redes sociais:

Instagram: teaconnectionbrasil
Facebook: teaconnectionsp


Siga nas redes sociais:


Francine C. Silva

gosta de compartilhar amor, de trazer felicidade quando a encontra e de dar abraços, se você precisar de um. É uma publicitária sonhadora, que transformou seu hobbie em profissão e hoje trabalha com o que mais gosta: escrever. Sempre carrega um bloco de notas e uma caneta na bolsa, vive organizando suas estantes de livros, tem um cachorro chamado Chuck Berry e é fã de musicais.



Deixe o seu comentário

2 Respostas para "Tea Connection: chá e muito amor"

Camila - 15, outubro 2016 às (18:31)

Eu queria muito ir na Tea Connection, mas muita gente ta falando que é coisa de hype do comento e que não vale o preço que se paga. Curit a tua resenha, talvez eu vá conhecer o local, por que tu me deixou curiosa.

Beijos!!

Responder


Francine C. Silva
outubro 20th, 2016 em 9:30 pm
respondeu:

Oi, Miiila!
Olha, acho que você não se arrependerá quando for, viu? O atendimento e a comida são 10, valendo qualquer boato de hype. :)

Beijos e obrigada pela visita!
Fran

Responder