Chuck Berry e filmes natalinos para assistir na Netflix

25.12.2016

Ho, ho, ho! Feliz Natal! 🎅🏽🎄✨

Chuck Berry e eu passamos o dia juntinhos, assistindo aos melhores filmes em comemoração a esse feriado tão bonito! Pensando nisso, fiz uma sessão de fotos com ele ❤️ e uma seleção com meus filmes natalinos favoritos, disponíveis na Netflix, para que você também possa assistir nessa noite tranquila. Vem ver! 🐶🎟

Não aguento a fofura desse cachorro!

O Estranho mundo de Jack (1993)

Jack Skellington (Chris Sarandon) é um ser fantástico que vive na Cidade do Halloween, um local cercado por criaturas fantásticas. Lá todos passam o ano organizando o Halloween do ano seguinte mas, após mais um Halloween, Jack se mostra cansado de fazer aquilo todos os anos. Assim ele deixa os limites da Cidade do Halloween e vagueia pela floresta. Por acaso acha alguns portais, sendo que cada um leva até um tipo festividade. Jack acaba atravessando o portal do Natal, onde vê demonstrações do espírito natalino. Ao retornar para a Cidade do Halloween, sem ter compreendido o que viu, ele começa a convencer os cidadãos a sequestrarem o Papai Noel (Edward Ivory) e fazerem seu próprio Natal. Apesar de argumentos fortes de sua leal namorada Sally (Catherine O’Hara) contra o projeto, o Papai Noel é capturado. Mas os fatos mostrarão que Sally estava totalmente certa.

O Grinch (2000)

Um Grinch (Jim Carrey) que odeia o Natal resolve criar um plano para impedir que os habitantes da pequena cidade de Quemlândia possam comemorar a data festiva. Para tanto, na véspera do grande dia, o Grinch resolve invadir as casas das pessoas e furtivamente roubar delas tudo o que esteja relacionado ao Natal.

Aconteceu no Natal do Mickey (1999)

O Natal se aproxima e, como sempre, Ebenezer Scrooge (Jim Carrey) mantém seu desprezo pela data. Milionário e muito mesquinho, ele só pensa em dinheiro e não dá espaço para a emoção em seu coração, maltratando Bob Cratchit (Gary Oldman), seu fiel assistente, e ignorando seu sobrinho Fred (Colin Firth). Com a morte de seu sócio, Ebenezer recebe a visita de três fantasmas do Natal: do passado, do presente e do futuro. Cada um deles, levará o velho ranzinza para uma viagem que o ajudará a refletir melhor sobre sua vida passada e a escolha que fará para o futuro.

Os Fantasmas de Scrooge (2009)

O Natal se aproxima e, como sempre, Ebenezer Scrooge (Jim Carrey) mantém seu desprezo pela data. Milionário e muito mesquinho, ele só pensa em dinheiro e não dá espaço para a emoção em seu coração, maltratando Bob Cratchit (Gary Oldman), seu fiel assistente, e ignorando seu sobrinho Fred (Colin Firth). Com a morte de seu sócio, Ebenezer recebe a visita de três fantasmas do Natal: do passado, do presente e do futuro. Cada um deles, levará o velho ranzinza para uma viagem que o ajudará a refletir melhor sobre sua vida passada e a escolha que fará para o futuro.

Meu Papai é Noel (1994)

Entregando os presentes na casa do vendedor de brinquedos Scott Calvin (Tim Allen), Papai Noel sofre um acidente e cai do telhado da casa. Machucado, ele não consegue continuar seu trabalho e resolve pedir a ajuda de Scott para salvar o Natal. O homem aceita a complicada tarefa, mas logo percebe que está engordando e ganhando barba, transformando-se no novo Papai Noel.

Ficou uma graça de touquinha de Papai Noel, não acha? 😍

Bônus

Olha essa foto lindinha do Chuck Berry dando um sorrisinho! Haha Como eu amo esse cachorro ❤️

É uma pena que tenham tirado Esqueceram de mim do catálogo da Netflix. Tenho esperanças de que um dia ele retorne!

Espero que goste dos filmes e, ah, não esqueça de falar aqui nos comentários qual é seu filme natalino favorito, hein?


Siga nas redes sociais:

Palavras chave: , , ,

Francine C. Silva

gosta de compartilhar amor, de trazer felicidade quando a encontra e de dar abraços, se você precisa de um. É uma publicitária sonhadora, que transformou seu hobbie em profissão e hoje trabalha com o que mais gosta: escrever. Sempre carrega um bloco de notas e uma caneta na bolsa, vive organizando suas estantes de livros e tem um cachorro chamado Chuck Berry.



Deixe o seu comentário